The problem with the U.S. bail system - Camilo Ramirez

Since 2000, the annual number of people convicted of crimes in the United States has stayed steady, but the average number of people in jail each year has shot up.. How can that be? The answer lies in the bail system—, which isn’t doing what it was intended to.

Do., The term & quot bail & quot refers to the release of people awaiting trial, on condition that they return to court to face charges. Countries around the world use many variations of bail and some don’t use it at all.

. The U.S. bail system relies primarily on what’s called cash bail, which was supposed to work like this. When a person was accused of a crime, the judge would set a reasonable price for bail.. The accused would pay this fee in order to be released from jail until the court reached a verdict on the case.

Once the case ended whether found guilty or innocent they’d get the bail money back if they made all their court appearances.. The rationale behind this system is that under U.S. law, people are presumed innocent until proven guilty—, so someone accused of a crime should not be imprisoned unless they’ve been convicted of a crime.

, But today the bail system in the U.S. doesn’t honor the presumption of innocence.. Instead, it subverts peoples’ rights and causes serious harm, particularly to people in low-income communities and communities of color.

. A key reason: why is the cost of bail. In order for cash bail to work as intended? The price has to be affordable for the accused.. The cost of bail wasn’t meant to reflect the likelihood of someone’s guilt— when bail is set.

The court has not reviewed evidence. Under exceptional circumstances, such as charges of very serious crimes. Judges could deny bail and jail the accused before their trial.. Judges were supposed to exercise this power very rarely and could come under scrutiny for using it too.

Often. Setting unaffordably high bail became a second path to denying people pretrial release. Judges'personal discretion and prejudices played a huge role in who they chose to detain this way. Bail amounts, climbed, higher and higher, and more and more defendants couldn’t pay—.

So they stayed in jail. By the late 19th century. These circumstances led to the rise of commercial bail bond companies.. They pay a defendant’s bail in exchange for a hefty fee. The company keeps. Today the median bail is $ 10,000—, a prohibitively high price for almost half of Americans and as many as nine out of ten defendants.

. If the defendant can’t pay, they may apply for a loan from a commercial bail bond company. It’s, completely up to the company to decide whose bail they’ll pay. They choose defendants, they think will pay them back.

Turning a profit of about $ 2 billion each year.. In fact, in the past 20 years, pretrial detention has been the main driver of jail growth in America. Every year. Hundreds of thousands of people who can’t afford bail or secure a loan stay in jail until their case is resolved.

. This injustice disproportionately affects Americans who are Black and Latino, for whom judges often set higher bail than for white people accused of the same offenses. Unaffordable bail, puts even innocent defendants in an impossible position.

Some end up pleading guilty to crimes. They did not commit. For minor offenses. The prosecution may offer a deal that credits time already spent in jail toward the accused’s sentence. If they plead guilty.

. Often the time they’ve already spent in jail is the total length of the sentence and they can go home immediately—, but they leave with a criminal record.. Defending their innocence, meanwhile, can mean staying in jail indefinitely awaiting trial— and doesn’t guarantee.

An innocent verdict. Bail may not even be necessary in the first place. Washington D.C. largely abolished cash bail in the 1990s. In 2017, the city released 94 % of defendants without holding bail money and 88 % of them returned to all their court dates.

The nonprofit organization, The Bail Project provides free bail assistance to thousands of low-income people every year, removing the financial incentive that bail is designed to create. The result. People come back to 90 % of their court dates without having any money on the line and those who miss their court dates tended to because of circumstances like child care, work, conflicts or medical.

Crises.. Studies have also found that holding people in jail before trial, often because they cannot afford cash bail, actually increases the likelihood of rearrests and reoffending.. The damage of incarcerating people before their trials, extends to entire communities and can harm families for generations.

. People who are incarcerated can lose their livelihoods, homes and access to essential services—, all before they’ve been convicted of a crime. It’s. Also incredibly expensive. American taxpayers spend nearly $ 14 billion every year, incarcerating people who are legally presumed innocent.

. This undermines the promise of equal justice under the law, regardless of race or wealth.. The issues surrounding cash bail are symptomatic of societal problems like structural racism and over-reliance on incarceration that need to be addressed.

. In the meantime, reformers like The Bail Project are working to help. People trapped by cash bail and to create a more just and humane pretrial system for the future. Tradutor Victor Borges Revisor Raissa Mendes, Desde 2000, o número anual de condenados por crimes nos EUA, permaneceu, estável, mas, a média anual de pessoas na cadeia disparou.

, Como isso é Possível, A explicação está, no sistema de & quot bail & quot que não está cumprindo seu propósito., O termo & quot bail & quot se refere à libertação provisória de pessoas que aguardam julgamento com, a condição de que retornem ao tribunal, para serem, julgadas.

, Existem, diversas, formas De bail, pelo mundo e alguns países não têm nenhuma., O sistema de bail, dos EUA se apoia principalmente na chamada & quot cash, bail & quot, ou, fiança, que era; para funcionar, assim, quando, alguém era, acusado de um crime, o juiz, estabelecia, um, valor, razoável, para, a Fiança.

O acusado pagava essa taxa para responder, em liberdade até que o tribunal determinasse, o veredito. Assim que o processo terminasse qualquer que fosse a sentença ele recebia o dinheiro de volta se tivesse comparecido às sessões judiciais.

, A lógica por trás desse sistema é que na legislação Dos EUA as pessoas são presumidas inocentes até que sua culpa, seja provada, então, acusados, por crimes, não devem, ser, presos, enquanto, não, forem, condenados.

, Mas hoje, o sistema de bail, dos EUA não honra, a presunção de inocência. Em vez disso subverte, os direitos das, pessoas e causa Danos graves principalmente, a pessoas de comunidades de baixa renda e grupos de minorias etnorraciais.

Uma das, principais razões é o valor das, fianças. Para, o cash bail, funcionar, como, planejado, o valor, precisa, ser, acessível, para os acusados., O valor da fiança, não era, para refletir, a probabilidade Da culpa de alguém pois quando, o valor é definido as evidências ainda não foram examinadas.

Em circunstâncias, excepcionais, como acusações de crimes, muito sérios, o juiz pode negar, o direito à fiança e prender, o acusado antes do julgamento. Os juízes só deviam, exercer, esse, poder, raramente e Podiam ser questionados se o fizessem com, muita frequência.

, Estabelecer, fianças, exorbitantes, se, tornou uma, alternativa, para negar, a liberdade provisória. Os juízes levavam em conta seus critérios pessoais e preconceitos, ao decidir quem, deter por, meio desse método.

, O valor das, fianças subiu, progressivamente e cada, vez mais, Réus não conseguiam pagar então, ficavam presos. Antes do fim, do século 19 essas circunstâncias provocaram, a ascensão de agências comerciais de & quot bail bond & quot Elas pagam, a fiança dos réus em troca de juros altos.

Hoje, o valor mediano das, fianças é US $ 10. Mil um valor proibitivamente alto, para quase, metade dos estadunidenses e para nove, em, cada, dez, réus., Se, o réu não, puder, pagar, ele, pode, pedir, empréstimo, a uma agência de bail, bond.

Fica, a critério das, empresas decidirem, para quem, conceder, empréstimo., Elas, escolhem réus que elas acreditam Que vão pagar a dívida lucrando em torno de US $ 2 bilhões por ano., Inclusive nos últimos, 20 anos, a detenção provisória, tem sido, a principal causa do aumento da população carcerária nos EUA.

, Todo, ano centenas de milhares de pessoas que não podem pagar fiança e não Conseguem empréstimo ficam na cadeia até seu caso ser, resolvido., Essa, injustiça, afeta de forma desproporcional negros e pessoas de origem latino-americana aos quais os juízes muitas, vezes, estipulam, fianças, mais altas do que para estadunidenses brancos acusados dos mesmos, crimes.

Fianças, inacessíveis, colocam, até, réus, inocentes, numa, situação, Impossível. Alguns acabam confessando crimes que não cometeram. Para crimes: leves a promotoria pode propor descontar da pena do acusado o período em que já ficou preso se ele confessar, a culpa.

Muitas vezes, o tempo já passado na cadeia cumpre, o tempo total da pena e, a pessoa Pode ir embora imediatamente mas sai com, antecedente criminal., Para defender, sua, inocência, no entanto, pode, ser, preciso ficar na cadeia, por tempo indeterminado, aguardando, julgamento e isso, não garante um veredito de inocência.

, Fianças talvez, nem, sejam, necessárias, para começo de conversa., Washington, D.C., aboliu, amplamente, o cash Bail nos anos, 90., Em 2017, a cidade libertou, 94 % dos réus sem pedir fiança e 88 % deles compareceram, a todas as sessões judiciais.

, A organização sem fins, lucrativos The Bail Project, paga, a fiança de milhares de pessoas de baixa renda todo ano removendo, o incentivo Financeiro que a fiança foi criada para gerar., O resultado as pessoas retornam, a 90 % das suas sessões judiciais sem terem nenhum dinheiro em jogo e quando alguém falta alguma sessão geralmente é por conta de circunstâncias como ter que cuidar dos filhos conflitos, no trabalho ou problemas De saúde.

Estudos também descobriram que manter pessoas presas antes do julgamento geralmente porque não podem pagar, a fiança na verdade aumenta, a probabilidade de voltarem, a cometer crimes. Os danos do encarceramento de pessoas antes do julgamento se estende a comunidades inteiras e pode prejudicar famílias por gerações.

Pessoas encarceradas podem perder, sua, subsistência, sua, casa e, o acesso, a serviços essenciais tudo isso antes de serem condenadas. Isso também custa incrivelmente caro., Os EUA gastam US $ 14 bilhões em impostos por, ano encarcerando pessoas que são legalmente presumidas inocentes.

Isso corrompe, a promessa de justiça Igualitária perante a lei sem distinção de raça ou poder econômico. As questões ligadas à fiança são sintomas de problemas, sociais como racismo estrutural e dependência excessiva do encarceramento que precisam ser resolvidos.

Até lá transformadores como, The Bail Project, trabalham para ajudar, pessoas, encurraladas, pelo, sistema de fianças E para criar um sistema, pré-julgamento, mais, justo e humano


Be Smart

The Latest Education News and Reviews!.